Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Hangers

Para segurar todos os meus sonhos, anseios e conquistas e já agora, também um belo casaquinho!

#demasia.

09.09.18 Catarina Rocha Pinto Catarina Rocha Pinto

A propósito da nova música do Carlão #demasia apeteceu-me refletir um pouco sobre as questões da internet, das redes sociais, do "fast world" e da exposição diária a que nós hoje nos colocamos.

Antes de mais, os tempos mudam e contra isso nada podemos fazer portanto paremos de dizer "há uns anos atrás é que era, ninguém queria saber do facebook, nem do instagram, nem de fotos, as pessoas conviviam mais",... não!

Sei que os tempos de hoje são o que são e ainda bem. 

Se fossemos falar de valores, de educação e de princípios isso já é outra história, agora que o mundo está mais tecnológico, mais global e mais desenvolvido está e não tem de ser mau.

E com todos os pontos negativos que isso possa trazer,.. caramba isto da internet, da pesquisa rápida e das redes sociais é fascinante!

 

Eu assumo-me uma "internet victim" e acho que esta forma fácil e possível que temos de ver o mundo nos veio beneficiar, o mal está portanto é na demasia.

 

Há quem tenha a opinião que hoje nos sentimos obrigados a acompanhar o ritmo da internet e de quem por lá anda, mas eu não sinto as coisas dessa forma.

A internet é que anda ao meu ritmo e quando isso me começa a fugir do controlo faço reset e recomeço.

Se há mantra que eu tento seguir na minha vida é sem dúvida o equilíbrio, e é certo que é cliché que tudo o que é em demasia é mau mas aquilo pelo qual nós devemos "lutar" é precisamente por essa mesma meia medida.

Infelizmente, o ser humano em muitas das situações ao longo da sua história já usou mal os seus trunfos e o que acontece com a internet é igual. Muitas vezes, porque é usada da pior forma e com a pior das intenções e outras porque nos deixamos absorver por tudo o que ela nos mostra.

Não nos podemos é esquecer nunca que por detrás de um ecrã há vida e a vida tem dissabores portanto está longe de ser perfeita. 

Mas obviamente que quando fazemos swipe up no instagram ou no facebook procuramos ver coisas bonitas e agradáveis mas não perfeitas! 

Portanto, também não sou 100% a favor daqueles grupos que defendem o sem makeup, sem filtros, sem nada,... Não! A vida é só uma e podemos e devemos usar isso tudo e muito mais desde que nos sintamos bem, felizes e equilibrados.

O que nós devemos ser é reais e verdadeiros o que não implica que não o sejamos de batom, com fotografias bonitas e um sorriso.

Paremos com o oito e o oitenta, do hoje temos de ser todos magros e bonitos e amanhã todos gordos e descabelados, sejamos nós mas não em #demasia!

 

large.png